Sexta, 23 de Julho de 2021
67 99679-8975
Polícia NO FLAGRA

Em Rio Verde de MT/MS, após denúncia, Polícia Militar prende homem que furtou botijões gás

O suspeito acabou revelando que praticou o crime

19/06/2021 12h07
Por: Redação
Em Rio Verde de MT/MS, após denúncia, Polícia Militar prende homem que furtou botijões gás

Um homem de 30 anos foi preso pela Polícia Militar de Rio Verde de MT/MS depois de ter furtados botijões de gás no fim da madrugada do sábado (19).

Segundo informações policiais, por volta as 05h40 a Polícia Militar de Rio Verde de MT/MS recebeu denúncia através do 190 de que um homem estava carregando um botijão de gás. Enquanto o suspeito levava o objeto, ele foi abordado por um vigia noturno que ao desconfiar da atitude do homem de 30 anos, acionou a Polícia Militar, pois o vigia já havia percebido que momentos antes, o mesmo homem passou pelo local carregando outro botijão na região do Bairro José Antônio.

Ao ser abordado e questionado pelos militares, o suspeito de 30 anos inicialmente disse que um amigo teria entregado os dois botijões a ele, para que os objetos fossem trocados por porções de drogas.

Como a versão do suspeito era contraditória, os policiais resolveram levar o homem de 30 anos para a Delegacia de Polícia Civil para que os fatos fossem esclarecidos e lá, o suspeito acabou confessando que teria furtados os botijões em uma residência localizada na Avenida Barão do Rio Branco.

Com isso, um investigador da Polícia Civil foi até o local juntamente com os policiais militares e a vítima – uma mulher de 50 anos - foi encontrada. Ela sequer ainda havia percebido que teria sido vitima do furto.

O homem de 30 anos – que já tem passagens pela polícia pelo mesmo crime - recebeu voz de prisão e foi autuado em flagrante pelo furto.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.