Sexta, 20 de Maio de 2022
67 99679-8975
Polícia VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Em Rio Negro/MS, homem diz que só sairia morto de casa em chamas, mas é salvo por policiais militares

Ele ainda teria ameaçado a esposa

12/05/2022 08h39 Atualizada há 1 semana
Por: Redação
Em Rio Negro/MS, homem diz que só sairia morto de casa em chamas, mas é salvo por policiais militares

Um homem de 61 anos foi preso pela Polícia Militar na cidade de Rio Negro/MS após ameaçar a esposa e atear fogo em uma residência.

Conforme informações policiais, por volta das 09h30 da quarta (11) a Polícia Militar foi chamada através do 190 com a informação de que uma mulher estava sendo ameaçada pelo marido. Ele estaria de posse de uma faca. A informação era de que também ele teria ateado fogo na residência do casal.

Uma equipe da Polícia Militar foi até a casa, localizada na Colônia São Francisco em Rio Negro/MS e encontrou a vítima, uma mulher de 55 que contou aos policiais que em meio a uma briga com o marido, ele se apossou de uma faca e começou a ameaça-la. Conforme algumas testemunhas, o homem também ateou fogo na residência do casal durante a briga.

Quando os militares chegaram, populares já estavam tentando combater o incêndio carregando baldes com água e utilizando mangueiras, mas ao perceber a chegada dos policiais, o homem de 61 anos entrou na residência em chamas e disse que só “sairia morto da casa”.

Em ato contínuo, segundo a polícia, o homem continuou a atear fogo em objetos dentro do imóvel.

A equipe militar acabou recebendo apoio de um sargento que também chegou ao local e eles conseguiram quebrar parte de uma das paredes do imóvel para facilitar a evasão da fumaça e assim continuar também o combate ao incêndio.

O homem de 61 anos insistia em dizer que morreria queimado no local e numa atitude rápida, os militares conseguiram deter o homem que corria grande risco de morte, pois ele estava inalando muita fumaça e o fogo começou a tomar grandes proporções. Ele foi retirado da casa e imobilizado.

Já dentro da viatura da PM, o homem ainda teria proferido ameaças contra a esposa de 55 anos. Ele foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Rio Negro/MS e foi autuado em flagrante por violência doméstica e dano, permanecendo preso à disposição da Justiça.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.