Segunda, 10 de Maio de 2021
67 99679-8975
Polícia POLÍCIA

Em Rio Verde de MT/MS, mulher desiste de fazer empréstimo e é ameaçada

Ela negociou com a empresa através de uma rede social

29/04/2021 08h29 Atualizada há 1 semana
Por: Redação
FOTO ILUSTRATIVA/INTERNET
FOTO ILUSTRATIVA/INTERNET

Uma mulher foi vítima de ameaças após desistir de fazer um empréstimo financeiro. Ela manteve contato com a empresa através de rede social.

Segundo informações policiais, uma mulher de 28 anos, moradora de Rio Verde de MT/MS registrou um boletim de ocorrência alegando que no dia 27 de abril deste ano, ela foi ameaçada de ter o nome negativado para transações financeiras futuras. Segundo a vítima as ameaças foram feitas através de uma pessoa que administra um perfil na rede social Facebook que seria de uma empresa financeira localizada no estado de São Paulo.

A mulher relatou a polícia que obteve conhecimento da empresa através de propaganda na rede social e fez o primeiro contato fornecendo o número de seu aplicativo de telefone para troca de mensagens.

A partir de então, a negociação entre as partes teve inicio e a vítima forneceu dados da documentação pessoal para que a empresa financeira pudesse elaborar o contrato e assim a mulher recebesse a quantia a qual ela solicitava o empréstimo.

Após os trâmites “legais”, a pessoa que trocava mensagens com a vítima, pediu que ela fizesse um depósito para “liberar” o empréstimo solicitado.

Desconfiando que seria um golpe, a mulher negou em fazer o depósito e disse que iria desistir de fazer a transação com a empresa e a partir do momento dessa negativa, a vitima alega que começou a receber as ameaças através da mensagens. O teor das conversas era de que o nome da mulher seria encaminhado para o SERASA, impedindo assim, que ela realizasse transações financeiras futuras.

A Polícia Civil de Rio Verde de MT/MS investiga o caso.

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.